10 DÚVIDAS COMUNS SOBRE CIRURGIA PLÁSTICA PÓS- GESTAÇÃO

  • 1

A gestação é marcada por muitas mudanças físicas e emocionais. Do ponto de vista estético, o abdômen é uma das regiões mais afetadas, afinal ele pode ter acúmulo de gordura que ocasiona flacidez e estrias. Os seios também podem ficar mais flácidos e as mamães que engordam demais neste período, podem ter dificuldades em recuperar a boa forma quando o bebê nasce.  Para essa fase, a cirurgia plástica tem recursos cada vez mais avançados para ajudar a recuperar o contorno corporal e a autoestima. No entanto, muitas mulheres podem engravidar após já ter se submetido a algum tipo de cirurgia estética e, muitas dúvidas, acabam surgindo.

E após uma lipoaspiração, vale engravidar?  De acordo com o cirurgião plástico Carlos Bautzer, da Clínica de Especialidades Integrada, o resultado vai depender dos cuidados que a gestante irá ter com a saúde, como: ganho de peso, hidratação da pele durante a gestação e atividade física orientada. Portanto, a lipoaspiração e seus resultados não seriam perdidos se a gestante tomar os cuidados necessários.

Confira as principais dúvidas sobre o assunto:

1)Algum tipo de cirurgia plástica está liberado para ser feita logo após o parto?

Não. O ideal é que a mulher espere, pelo menos, seis meses após o término da amamentação para fazer uma cirurgia plástica. Passado este período, os hormônios femininos estarão mais estabilizados. Porém, se ela ainda estiver acima do peso, deverá antes emagrecer com o acompanhamento nutricional e endocrinológico.

2)Quais são as cirurgias plásticas mais procuradas por mulheres que deram à luz?

Lipoaspiração, mamas (com ou sem prótese) e abdominoplastia.

3)Quais as condições ideais para realizar uma abdominoplastia pós-parto?

A mulher precisa estar clinicamente saudável e com o peso bem próximo ao que tinha antes da gravidez. A avaliação do ginecologista é essencial, antes mesmo de procurar um cirurgião plástico.

4)A lipoaspiração é o mais indicado para reduzir as gorduras acumuladas no abdômen?

A lipoaspiração pode ser a mais indicada para remodelar o corpo e retirar a gordura localizada.  Também pode ser o procedimento melhor para quem não tem flacidez. No entanto, se a paciente apresente muita flacidez no abdômen, o recomendado é a abdominoplastia.

5)Se a paciente realizou uma cesariana, poderá fazer uma cirurgia plástica? E se ela tem propensão à formação de queloides, qual orientação?

O tipo de parto não influencia na realização da operação. Mas se a paciente tem propensão à formação de queloides, precisa comunicar ao cirurgião plástico. Hoje, já existem técnicas avançadas que minimizam o aparecimento de queloides.

6)A mulher pode colocar prótese de silicone nas mamas depois da gravidez? E quem já possui prótese, interfere na amamentação?

Pode, mas vai depender do grau de flacidez, caso seja necessário, a prótese deverá ser colocada junto com a mamoplastia redutora. Para quem já possui a prótese, fique tranquila, pois não interfere na amamentação.

7)Após a gravidez, a mulher pode recorrer à cirurgia plástica para a remoção de estrias?

As pacientes que têm estrias na região abaixo do umbigo podem realizar uma abdominoplastia para removê-las totalmente. A retirada de outras estrias irá depender da localização das mesmas e da qualidade da pele.

8)Durante a gestação, a mulher pode se submeter a alguma cirurgia plástica?

Não, pois a cirurgia plástica durante a gestação pode prejudicar a mulher .

9)Vale a pena apostar em cirurgia plástica para emagrecer?

A plástica não é recurso para emagrecimento, mas para propiciar maior harmonia estética. Além disso, a decisão em fazer a cirurgia deve partir da própria paciente e não da influência de terceiros como maridos, irmã e amigas.

10)E o período pós-cirúrgico exige muitos cuidados?

É importante ressaltar que qualquer procedimento cirúrgico exige cuidados no período de recuperação. Em muitos casos, a paciente precisa de repouso e cuidados especiais, como drenagem linfática. Uma cirurgia de mama, por exemplo, pede de 6 a 8 semanas sem levantar peso. E quem tem bebê em casa, precisa avaliar se terá condições de seguir todas essas orientações para não comprometer o resultado da cirurgia.

Fonte- Carlos Bautzer, Cirurgião Plástica da Clinica de Especialidades Integrada

Uma resposta a 10 DÚVIDAS COMUNS SOBRE CIRURGIA PLÁSTICA PÓS- GESTAÇÃO

  1. luiza disse:

    minhas mamas ficaram com tamanhos diferentes uma parece q nem existe a outra esta bonita,mas mesmo assim nao consigo me olhar com bons olhos.valeu a pena somente por eu ter conseguido amamentar meu segundo filho.se vcs souberem de algum medico q queira fazer uma caridade e me consertar ficarei eternamente agradecida a ele.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>